Todos os poemas são da minha autoria a sua utilização só poderá ser feita com a minha autorização.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

«Um alento»

Num qualquer momento,
Numa hora qualquer,
Serei outro alento,
Que alguém quiser,
Ainda que entendas,
Sem o perceberes,
Ou mesmo percebas,
Se ainda quiseres,
Estarei aqui,
Com grande otimismo,
Por isso segui,
Com muito ativismo,
Mas vou conseguir,
Ter o teu sorriso,
Ainda vais rir,
Se tal for preciso.


quarta-feira, 21 de junho de 2017

«Que existe»

Ainda me entendes,
Quando é preciso,
Se me compreendes,
Assim conciso,
Com simplicidade,
No que existe,
Ou habilidade,
Em algo que consiste,
Mas ainda volta,
Sem grande demora,
Que se quiser solta,
O que foi embora,
Voltando a ficar,
No ponto que queria,
Se for para ficar,
Onde entendia.





terça-feira, 20 de junho de 2017

«Ainda assim»

Agora entendi,
O que precisei,
Depois senti,
Ainda tentei,
Voltei a andar,
Muito determinado,
Se ainda chegar,
Serei recompensado,
Mas ainda assim,
Farei o caminho,
Dizendo que sim,
Sem estar sozinho,
Que a estrada segue,
Sempre presente,
Ainda consegue,
Andar para a frente.



segunda-feira, 19 de junho de 2017

«Bem verdadeira»

Se conseguir,
Ser o que quero,
Ou saber rir,
Quando te espero,
Serei melhor,
Quase assim,
Com outro valor,
Num outro sim,
Com honestidade,
Bem verdadeira,
Numa simplicidade,
De outra maneira,
Que ainda faz,
O que entende,
Sendo capaz,
Onde compreende.


domingo, 18 de junho de 2017

«Grande alento»

Ainda consigo,
Pensar em ti,
Ou ficar contigo,
No que já senti,
Continuo assim,
Algo determinado,
Posso dizer sim,
Se estiver preparado,
Depois vou andando,
Ao sabor do vento,
Ou caminhando,
Num grande alento,
Que vai aumentando,
A minha verdade,
Ou preparando,
Aquela vontade.

sábado, 17 de junho de 2017

«Com facilidade»

 Quero construir,
Algo diferente,
Se me apareces a rir,
Sei que não estás ausente,
Com facilidade,
Consigo um sorriso,
Ou honestidade,
No que for preciso,
Com bons alicerces,
Do melhor que arranjei,
Que foram assentes,
Com o que mudei,
Mas fiquei assim,
Muito descansado,
Digo que sim,
Se estiveres ao meu lado.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

«Quero caminhar»

Encontra o que pedes,
Se conseguires,
Que ainda podes,
Se me pedires,
Nesta aventura,
Que faço contigo,
No que perdura,
Se ainda consigo,
Voltando a ficar,
No mesmo caminho,
Quero caminhar,
Sem o fazer sosinho,
Se ainda quiseres,
Estarei a rir,
Para me encontrares,
Num lugar a sorrir.



quinta-feira, 15 de junho de 2017

«Algo influente»

Se me apetece,
Algo diferente,
Eis que acontece,
Algo influente,
Procuro entender,
No que me apetece,
Aquilo que vier,
Ainda merece,
Aquele respeito,
Que me alivia,
Ou que será feito,
Por quem o sentia,
Voltando a andar,
Como se quiser,
Se for para ficar,
Deixo acontecer.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

«Para continuar»

Ganho a coragem,
Para continuar,
Na outra margem,
Poder chegar,
Com otimismo,
Ou variedade,
Sem ativismo,
Mas com a verdade,
Que surge agora,
Importa depois,
Se andar lá fora,
Caminho pelos dois,
Se ainda vieres,
Num outro momento,
Ou se quiseres,
Um outro alento.




terça-feira, 13 de junho de 2017

«Numa verdade»

Sei acreditar,
No que foi feito,
Se ainda ficar,
Serei o eleito,
Na sinceridade,
Que tento fazer,
Ou numa verdade,
Que vou entender,
Daquelas que duram,
Com honestidade,
Que ainda perduram,
Com a mesma vontade,
Com este momento,
Fico ansioso,
Naquele alento,
Que se quer preciso.



segunda-feira, 12 de junho de 2017

«Muito suave»

Numa brisa leve,
Que me entende,
Muito suave,
Onde compreende,
O que me apetece,
Que tento levar,
No que acontece,
Ou que vai chegar,
Com discernimento,
Sem grande pressa,
Aproveitando o momento,
Que passa depressa,
Se ainda voltar,
De novo a sentir,
Volto a acreditar,
Que posso sorrir.

domingo, 11 de junho de 2017

«Podendo escolher»

Se me entendes,
Naquilo que sou,
Bem compreendes,
Para onde vou,
Quero ir contigo,
Num caminho qualquer,
Sem ir sozinho,
Podendo escolher,
Onde encontrar,
O que fazer,
Se vou ficar,
Ou apenas vencer,
Mas quero ir,
Com simplicidade,
Se quiser sorrir,
Naquela verdade.


sábado, 10 de junho de 2017

«De Portugal»

Sou orgulhoso,
Quando preciso,
Ou amistoso,
Quando sou preciso,
Sou solidário,
Com quem necessita,
Não estou solitário,
Sou dos que acredita,
Sou da nação valente,
Que nunca desiste,
Nunca estou ausente,
Sou dos que existe,
Tenho a bandeira,
De Portugal a sorrir,
De qualquer maneira,
Voltarei a sentir.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

«De melhor»

Se acreditas,
Naquilo que sou,
Ou ainda ficas,
Onde eu estou,
Vem sem demoras,
Com confiança,
Se me confortas,
Na minha esperança,
Que se quer forte,
Com outra vontade,
Na outra sorte,
Com a verdade,
Que ainda merece,
O que tem de melhor,
Onde acontece,
Este valor.



quinta-feira, 8 de junho de 2017

«Bem sincero»

Tenho uma flor,
Que vou cuidar,
Com o valor,
Que tenho para dar,
Se regar com sentimento,
Ou encontrar nela atitude,
Posso assim recordar o momento,
Com a necessária amplitude,
Se me apetecer,
Planto o que quero,
Ou se merecer,
Serei bem sincero,
Mas vou lá estar,
Enquanto crescer,
Ou suspirar,
Se tiver de ser.



quarta-feira, 7 de junho de 2017

«Fazer acontecer»

Se ainda sou,
Aquilo que sei,
Tenho no que dou,
Tudo o que lembrei,
Sem hesitar,
Ou tentar perceber,
Apenas lembrar,
Fazer acontecer,
Aquilo que entendi,
No que já aceitei,
Se o escolhi,
Naquilo que lembrei,
Com aquela humildade,
Que me facilita,
Ou com a simplicidade,
De quem acredita.




terça-feira, 6 de junho de 2017

«Ainda acredito»

Importa agora,
Tentar perceber,
O que está fora,
Para acontecer,
Que seja bonito,
O que está para vir,
Ainda acredito,
Que me vais sorrir,
Numa outra estrada,
Ou noutro caminho,
Foste encontrada
Deixei de estar sozinho,
Vamos caminhar,
Para onde queremos,
Se acreditar,

Ainda podemos.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

«Naquele lugar»

Acordei sem pressa,
Fui acreditar,
Sem correr depressa,
Consigo chegar,
Onde preciso,
Ou tenho de estar,
Num gesto conciso,
Naquele lugar,
Que tu bem conheces,
Onde existes depois,
Assim aparece,
Existimos os dois,
Com grande verdade,
De novos conceitos,
Na honestidade,
Existe o preceito.

domingo, 4 de junho de 2017

«Deixo acontecer»

Escalo montanhas,
Se me apetecer,
Se nunca me estranhas,
Deixo acontecer,
Como um rio,
Que corre para o mar,
Tenho no brio,
O meu começar,
Andar livremente,
Ou motivado,
Ficar novamente,
Onde tenho esperado,
Mas ainda assim,
Estou lá para ti,
Digo que sim,
Que ainda senti.


sábado, 3 de junho de 2017

«Percurso bonito»

Quero viajar,
Em mim,
Poder chegar,
Quando disser sim,
Decidir a rota,
Que quero seguir,
No que ainda importa,
Ou no que está para vir,
Um percurso bonito,
Com muitos caminhos,
Num tom expedito,
Sem estarmos sozinhos,
Assim caminhamos,
Com muita vontade,
Ainda esperamos,
A mesma verdade.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

«De verdade»

Se vou andar,
Em qualquer sentido,
Vou encontrar,
Quem esteja perdido,
Bem determinado,
Com necessidade,
Se for apressado,
Que vá de verdade,
Sem protagonismos,
Com esperança,
Trazendo dinamismos,
Com novas lembranças,
Daquelas que lembram,
Os grandes momentos,
Que ainda tentam,
Ser novos alentos.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

«Grande sorriso»

Andamos assim,
Com a mesma pressa,
Se digo que sim,
Reages depressa,
Com honestidade,
Ou outra qualquer,
De seriedade,
Que pura se quer,
Separando momentos,
Que são importantes,
Em grandes alentos,
De jeitos atuantes,
Num espectáculo a sério,
Com grande sorriso,
Sem grande mistério,
Consigo o meu riso. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...