Todos os poemas são da minha autoria a sua utilização só poderá ser feita com a minha autorização.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

«As aceitar»

Aquilo aconteceu,
Sem dar por isso,
No que ainda deu,
Ou de que valeu isso,
As coisas normais,
Que nos fazem pensar,
Nunca são demais,
Se as aceitar,
Quando pensamos,
Que as podemos mudar,
Logo assentamos,
Num mesmo lugar,
De aspeto comum,
Com jeitos humildes
Que tenha alguns,
Gestos dos simples.

domingo, 20 de agosto de 2017

«Que acredito»

Deixa estar,
Que eu fico bem,
Escolhi confiar,
No que ainda tem,
O que for acontece,
Se tiver de ser,
No que ainda parece,
Ou quero ter,
Mas sou persistente,
No que acredito,
Quero algo diferente,
Ser expedito,
Ainda que aceite,
As tuas manias,
Com elas endireite,
As demais alegrias.

sábado, 19 de agosto de 2017

«Quando conhecem»

Espero por ti,
De pé ou sentado,
Sei que o senti,
Que foi explicado,
Mas quando conhecem,
Aquilo que somos,
Depressa percebem,
Quem ainda fomos,
Bem determinados,
Que assim foi melhor,
Se estamos espantados,
Com tanto valor,
Vamos embora,
Com aquilo que temos,
Se esperas lá fora,
No que entendemos.


sexta-feira, 18 de agosto de 2017

«Ideia clara»

Ainda entendo,
O que me apetece,
Se me compreendo,
No que aparece,
Em cada momento,
Ou decisão tomada,
Que tem no alento,
Uma ideia clara,
Daquilo que quero,
De melhor para mim,
Por quem ainda espero,
Para dizer sim,
Que ainda estou,
Se me esperares,
Contigo ainda vou,
Se te superares.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

«Podes confiar»

Anda comigo,
Se quiseres falar,
Sou teu amigo,
Podes confiar,
Nas minha palavras,
Encontras a estabilidade,
Sei como estavas,
Qual era a verdade,
Mas estás melhor,
Quando ficas contente,
Tens muito valor,
Numa ação assente,
Que torna a voltar,
Quando te der jeito,
Ainda vou estar,
Contigo aceito.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

«Ainda encontrada»

Neste caminho,
Que vou percorrendo,
Nem sempre sozinho,
Vou compreendendo,
 Numa estrada,
Que se julga direita,
Ainda encontrada,
Por vezes estreita,
Que nos coloca,
Outros desafios,
Ou nos provoca,
Nos nossos sentidos,
Mas que nos aceita,
Como somos assim,
Por vezes completa,
A palavra sim.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

«Gesto melhor»

Consegues pintar,
Aquilo que sentes,
Se souberes interpretar,
Aquilo que sentes,
Ainda que acredites,
Em algo maior,
Ou que ainda fiques,
Num gesto melhor,
Sabes interpretar,
Num determinado momento,
O que queres contar,
Num ato de alento,
Voltando a tentar,
Com a mesma verdade,
Podendo chegar,
A esta vontade.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

«Num sorrir»

Quero conseguir,
Superar espetativas,
Encontrar num sorrir,
Ideias conseguidas,
Talvez pintar,
Com muitas cores,
O que almejar,
Nos meus valores,
Caminhar novamente,
Com simplicidade,
Muito calmamente,
Com necessidade,
De estar sucedido,
Num ato correto,
Se for conseguido,
Num gesto concreto.


domingo, 13 de agosto de 2017

«Concelho amigo»

Espera um bocado,
Faz o caminho,
Se passares ao lado,
Sem estares sozinho,
Se precisares,
De um concelho amigo,
Basta chamares,
Se puder consigo,
Nem sempre acerto,
Mas posso tentar,
Se estiver certo,
Iremos ganhar,
Que para sentir,
A capacidade,
Temos de sorrir,
Com outra verdade.





sábado, 12 de agosto de 2017

«De acontecer»

Ainda tens um momento,
De acontecer,
Ainda vais a tempo,
De o merecer,
Se tens de ficar,
Com aquilo que pedes,
Procura encontrar,
Aquilo que entendes,
Numa perspetiva,
Num simples contexto,
Com pose altiva,
Baseada num texto,
Assim insistindo,
Vamos conhecer,
Se formos sentindo,
No que apetecer.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

«Arranja coragem»

Deixa andar,
O que tiver de ser,
Se vais procurar,
Entende o saber,
Arranja coragem,
Num ombro amigo,
Se fizeres a viagem,
Conta sempre comigo,
Para o que vier,
Naquilo que for,
Se acontecer,
Que seja melhor,
Mas volta a fazer,
As coisas diferentes,
Que no ter querer,
Ainda o consegues.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

«Bem fortalecido»

Ainda procuro,
Um ato qualquer,
Se ainda me aturo,
No que tem de ser,
Assim motivando,
O continuar,
Quando estou cansado,
Demais para mudar,
Mas volto a vencer,
Bem fortalecido,
Que por conhecer,
Estarei esclarecido,
Com o conhecimento,
Que procuro alcançar,
Quando for o momento,
Estarei para durar.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

«Muita bondade»

Sei agradecer,
Quando for preciso,
Consigo entender,
Um discurso conciso,
Ter objetividade,
Nas ações praticadas,
Com muita bondade,
Sabendo onde estavas,
Explicar melhor,
Se tiver de ser,
Ajudar com valor,
Quem merecer,
Conseguir ficar,
Satisfeito comigo,
Poder encontrar,
Um ombro amigo.


terça-feira, 8 de agosto de 2017

«Esta vontade»

Ainda te espero,
Mas sou otimista,
Se já fui sincero,
Serei moralista,
Com esta vontade,
De fazer melhor,
Numa verdade,
Que tinha valor,
Assim percorrendo,
O mesmo caminho,
Indo entendendo,
Juntos ou sozinho,
Numa largura,
De causas maiores,
Quer ainda dura,
Com outros valores.



segunda-feira, 7 de agosto de 2017

«Grandes momentos»

Quero conhecer,
O que ainda consigo,
Poder escrever,
Ser melhor amigo,
Nos grandes momentos,
Que conseguir ter,
Em outros alentos,
Que vou merecer,
Se tiver sentido,
Aquilo que quero,
Serei bem sabido,
Ou ainda sincero,
Mas vou encontrar,
Acompanhado ou sozinho,
O que me faz andar,
Neste nobre caminho.


domingo, 6 de agosto de 2017

«Ainda quiser»

Se ainda consigo,
Pensar em ti,
Serei teu amigo,
No que já senti,
Ainda que tentes,
Passar com humildade,
Naquilo que sentes,
Pressinto a verdade,
Que vem para durar,
O tempo que houver,
Com tudo para dar,
Se ainda quiser,
Mas tens de esperar,
Se ainda quiseres isso,
Enquanto ficar,
Se estiveres para isso.


sábado, 5 de agosto de 2017

«Que importam»

Um dia encontrei,
Sem procurar,
O que imaginei,
Vir a achar,
Era um simples momento,
Daqueles que importam,
Tinha no seu alento,
Outros dos que demoram,
Mas foram conseguindo,
Com sabedoria,
Assim prosseguindo,
Com a maioria,
Mas sem protagonismo,
Com a minha humildade,
Que naquele otimismo,

A senti de verdade.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

«Minha felicidade»

Na minha vontade,
De ser competente,
Procuro a verdade,
Que jugo diferente,
Se concordares,
Com aquilo que digo,
Ou encontrares,
Em mim um amigo,
Ficarei contente,
Na minha felicidade,
Que se quer diferente,
Em cada ansiedade,
Mas eu gosto disso,
Sei quem me contou,
Se perceberes isso,

Sabes para onde vou. 

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

«Fazer sorrir»

Hoje estou assim,
Quase compreendo,
Se digo que sim,
Quase que me entendo,
Mas ainda estou,
A processar,
Se para onde vou,
Vale a pena tentar,
Que isto de refletir,
Sobre as coisas que importam,
Pode fazer sorrir,
Aqueles que interessam,
De qualquer maneira,
Ainda terá valor,
Se me amparar na beira,
Talvez seja melhor.


quarta-feira, 2 de agosto de 2017

«De humildade»

Agora que sei,
O que te faz rir,
No que procurei,
A ter que sorrir,
Posso entender,
O que me faltava,
Ou mesmo fazer,
O que ainda restava,
Num simples gesto,
De humildade,
Que apesar de modesto,
Tem a simplicidade,
Que se pretende,
Em cada verdade,
Se alguém o entende,
Com sinceridade.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

«Com verdade»

Neste momento,
Em que escrevo agora,
Arranjo o alento,
Sem me importar a hora,
Mas num modo de escrita,
Com personalidade,
Com letra manuscrita,
Ou escrita com verdade,
O que realmente importa
Para quem possa ler,
Pode ser o que encontra,
Naquilo que se quer,
Ou ainda talvez,
Se me permitir,
Seja a minha vez,
De voltar a sorrir.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...