Todos os poemas são da minha autoria a sua utilização só poderá ser feita com a minha autorização.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

«Breve constante»

Separo as partes,
Sem descriminar,
Em lados diferentes,
No mesmo lugar,
Sem lógica feita,
Ou algoritmo certo,
Com letra direita,
Mais longe ou mais perto,
Mas tão importante,
Que chega valer,
O breve constante,
Deste meu viver,
Para calcular,
Aquilo que sinto,
Num simples tentar,
Bastante sucinto.







6 comentários:

  1. Sem lógica feita ou algoritmo certo...assim é a vida.
    Abraço Poeta.

    ResponderEliminar
  2. (...)
    "Mais longe ou mais perto
    Mas tão importante,
    Que chega a valer
    O breve constante
    Deste meu viver."

    (...)

    Ora aqui está algo que me diz muito, Poeta.

    Um abraço, muita inspiração e bom feriado.

    Maria

    ResponderEliminar
  3. O breve constante/ Desse meu viver...quanta beleza!
    Boa noite, Poeta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou dele Sandra, volte sempre.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...