Todos os poemas são da minha autoria a sua utilização só poderá ser feita com a minha autorização.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

«Qualquer momento»

Aumenta a coragem,
Que o ritmo é forte,
E na outra margem,
Espera a tua sorte,
Que vai permitir,
Ser o que quiseres,
Ou pode surgir,
Quando menos esperes,
Nesta amplitude,
De muitos sentidos,
Sem ter inquietude,
Nos sonhos vencidos,
Que podem surgir,
A qualquer momento,
Que te fazem rir,
Num qualquer alento.





8 comentários:

  1. Um poema que me tocou de forma especial.Talvez me reveja nas suas palavras.
    Obrigado querido Poeta.

    ResponderEliminar
  2. Gosto dos seus poemas.

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gosta deles Cidália, volte sempre.

      Eliminar
  3. Gostei especialmente deste poema, sobretudo do final...Do riso que afoga os sonhos vencidos...

    Um abraço, Poeta.
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou, uma boa semana Maria, volte sempre.

      Eliminar
  4. Tudo pode acontecer a qualquer momento ;) Gostei do poema!
    Beijinho

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...