Todos os poemas são da minha autoria a sua utilização só poderá ser feita com a minha autorização.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

«Sempre constante»

Neste balanço,
Sempre constante,
Aumenta o avanço,
A cada instante,
No tempo que avança,
Quase perfeito,
Numa outra esperança,
Ou num outro feito,
Que estava perdido,
Mas foi encontrado,
Para ser vivido,
No que foi esperado,
Se fores embarcar,
Nesta aventura,
Anda caminhar,
Que o resto perdura.




12 comentários:

  1. Um poema muito esperançoso e convidativo à partilha de vivências.
    Gostei muito, Poeta.
    Avancemos, pois, nessa aventura de amizade partilhada.

    Um abraço.
    Maria

    ResponderEliminar
  2. Mais um poema com belas e fortes palavras. Gostei!

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou dele Cidália, volte sempre.

      Eliminar
  3. Ao ler o seu poema lembrei-me da Pedra Filosofal "eles não sabem que o sonho é uma constante da vida "...
    É ele que nos faz avançar,manter a esperança,acreditar.
    Adorei o poema.
    Um forte abraço.

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Ainda bem que gostou dele Ana, volte sempre.

      Eliminar
  5. E, afinal, só o caminho é que interessa...
    Belo poema, gostei imenso.
    Bom resto de semana, caro amigo Poeta.
    Abraço.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...