Todos os poemas são da minha autoria a sua utilização só poderá ser feita com a minha autorização.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

«Nesta calçada»

Acordei mais cedo,
Para te ver passar,
Na rua sem medo,
A desfilar,
Com um passo firme,
De ritmo constante,
Permite que afirme,
Que é mais abundante,
Nesta calçada,
Tão portuguesa,
Por ti abraçada,
Num tom de turquesa,
Deixas o teu rasto,
Nas ruas direitas,
Nesse espaço vasto,
Que tão bem aceitas.





12 comentários:

  1. Meu caro

    E que bem que ela vai na calçada!

    ResponderEliminar
  2. Ah, Poeta

    Que poema belo...o azul-turquesa é minha cor preferida, sabia?
    E a nossa bela calçada portuguesa é única.
    Tudo em perfeita harmonia.
    Adorei!

    Tenha uma boa noite.
    Um abraço.

    Maria


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acertei na sua cor preferida, ainda bem Maria, volte sempre.

      Eliminar
  3. E que bem que ela vai na calçada, sempre com alegria =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Oi!
    Que poema gosto de ler.
    Parabéns por sua inspiração.
    Obrigada por sua visita. Já estou seguindo o blog.
    Abrçs

    ✿Blog: Autora Marcia Pimentel✿ ✿Instagram✿ ✿Twitter✿

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou dele Marcia,volte sempre.

      Eliminar
  5. Agora, pensei em caminhar por uma calçada turquesa, que além da cor ser linda e empolgante, é poética.
    Gostaria de conhecer uma calçada turquesa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria uma calçada muito bonita Maria, volte sempre.

      Eliminar
  6. Ainda há quem imagine uma calçada turquesa... também gostaria de caminhar sobre tamanha beleza. Coisa de Poeta!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...