Todos os poemas são da minha autoria a sua utilização só poderá ser feita com a minha autorização.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

«Nobre motivo»

Pinta este traço,
Sem embaraço,
Que o tempo corre,
E a tinta escorre,
Em linha recta,
Sempre correcta,
Junto à margem,
Sem a miragem,
Que já não volta,
Nem com uma escolta,
Sobra a razão,
Desta emoção,
Que vai crescer,
Quando entender,
Um nobre motivo,
Que de improviso,
Ou meditada,
Quase acabada,
Volta a pintar,
Neste lugar.



6 comentários:

  1. A inspiração continua de vento em popa, Poeta.

    O objectivo será alcançado
    poemar será sempre o teu
    nobre fado...

    Um abraço.

    Maria

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...